Seguidores

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Slim Pasta PENNE com Atum e Cogumelos

Boa Tarde!

Hoje trago uma receita que adoro comer.

Simples de confeccionar.

Para quem está de dieta, esta receita é uma mais valia,
pois usei a Slim Pasta

O maravilhoso segredo asiático para a perda de peso.
 Feita com fibra de aveia e farinha de konjac, esta é uma alternativa que permite saborear todo o tipo de pratos com penne, com menos calorias do que as existentes nas massas tradicionais. 
Adequada a regimes de celíacos, vegans, vegetarianos, diabéticos e kosher.


Esta um pouco receosa em relação a este produto,
nunca gostei muito do rotulo dieta, sempre achei que os sabores associados 
a uma dieta eram sem sabor e quase que intragáveis.

Errado.

A verdade é que existe sim, verdadeiros produtos que podemos 
incluir na nossa dieta e no nosso dia-a-dia.
Facilmente numa alimentação equilibrada.
Ainda ando a pesquisar sobre este "mundo" mas estou a gostar.

Espero que gostem da minha sugestão.


Para 2pessoas                  Duração: 30min               Custo Médio




Ingredientes
  • 1 Slim Pasta Penne (emb. 200g)
  • Meio knorr de galinha
  • 2 dentes de alho
  • Azeite q.b. (usei Azeite Castelo de Marvão)
  • Sal Marinho q.b. (usei Sal Tavira)
  • Manteiga magra q.b. (equivalente a 1colher de sopa)
  • 2 Latas de Atum em azeite 
  • 1 Lata de cogumelos das pequenas
  • meia cebola roxa pequenina
  • Noz Moscada, 5pimentas moinho e Salsa picada q.b. (usei Suldouro)
  • 6 Fatias de queijo flamengo (ou pode usar queijo ralado)
Preparação
Slim Pasta
  •  Abra a embalagem e passe a massa por agua fria, 1 a 2 vezes. De seguida coloque a massa num coador e passe novamente por agua, desta vez agua quente, 1 a 2 vezes. Para que o amido em excesso desapareça. ( quando abrir a embalagem vai sentir um cheiro, um pouco, desagradável, mas depois de bem lavada o cheiro desaparece) .
  • Numa tacho pequeno, coloque agua ate meio. Tempere com uma pitada de sal, meio knorr de galinha, 1 dente de alho e um fio de azeite. Deixe levantar fervura e junte a massa, previamente bem lavada, deixe cozer cerca de 2minutos a 3.
  • Retire a massa, coe a agua e coloque-a numa assadeira pequena, junte a manteiga e mexa ate ela se dissolver. Reserve.

Preparação 
"acompanhamento" 
  • Numa frigideira anti-aderente coloque um fio de azeite, junte a cebola roxa picada e 1 dente de alho picado e refogue em lume brando. 
  • Junte os cogumelos, saltei-e um pouco e por fim junte o Atum em lata. (retire previamente o excesso de azeite da lata.) Tempere com noz moscada, 5pimentas moinho e um pouco de salsa picada. Deixe refogar, 1 a 2minutos, em lume brando.
  • Junte a massa, misture bem e coloque por cima o queijo cortado grosseiramente. 
  • Leve ao forno, pré-aquecido a 180º, para gratinar, cerca de 5 a 10minutos. 










 
Bom apetite ;)
Dieta dos 31 dias - Fases 1/2/3/4.
 


Este prato contou com a parceria de 
grandes marcas Portuguesas.




Muito obrigada pela confiança.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Frango no Forno com Limão, Alecrim, Cebola Roxa e Pimenta Rosa

Boa Tarde!

Gosto muito de fazer frango no forno.

Esta receita é muito simples e deve ser preparada com calma
é uma receita muito saborosa, mas 
precisa do seu tempo para ficar perfeita.

Uma sugestão digna de um Domingo perfeito.




Ingredientes
Frango Assado

Preparação 
  • Numa assadeira de barro coloque a Cebola as Rodelas (com a casca), 3 dentes de alho (com a casca, "calcados"), o ramo de Alecrim (bem lavado), a folha de Loura e a pimenta roxa.


  • De seguida coloque um fio de Azeite.


  • Num recipiente pequeno faça uma boa marinada, com Azeite, 3dentes de alho picados, 5pimentas moinho, noz moscada, pimentão doce, sal e alho e salsa q.b. misture bem.
  • De seguida, pincele bem o frango com a marinada, por dentro e por fora. Coloque-o na assadeira, por cima do preparado. Regue-o com a cerveja, corte o limão ao meio e coloque metade do limão dentro e regue com o sumo da outra metade. Por fim, coloque o que restou da marinada por cima do frango. 
 

  • Pré-aqueça o forno a 200º.
  • Tape o frango com papel de alumínio e leve ao forno, cerca de 1hora, ou ate estar pronto.
  • A meio verifique o tempero, se necessário acrescente sal. Quando estiver quase pronto retire o papel de alumínio e deixe alourar.












  • Sirva com um Arroz de linguiça. 


**********************


Arroz de Linguiça

Ingredientes 


Preparação
Thermomix/Bimby
  • No Copo coloque os dentes de alho, a meia cebola e o Azeite Castelo de Marvão pique 5seg/vel5. 
  • De seguida refogue, 5min/varoma/vel1.
  • Pese o Arroz e junte o refogado, a linguiça cortada aos bocados e o sal, introduza a agua no copo e o Knorr, coloque o cesto no copo e programe 20min/100º/vel3.
 
 ************************




Bom apetite :)



Este prato contou com a parceria de 
grandes marcas Portuguesas.






Obrigada pela confiança.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Bolo de Rosas com Fruta Cristalizada

Boa Tarde!

Para esta Pascoa resolvi fazer um Bolo de Rosas!

Não sou muito apreciadora de fruta cristalizada,
mas não custa tentar.

Uns adoraram, outros acharam um pouco doce, 
para ser sincera, não consegui provar.

Mas o aspecto era delicioso.

Espero que gostem...




Ingredientes 
Massa
  • 100g de Leite
  • 50g de Manteiga, mais q.b. p/ untar
  • 10g de Fermento seco
  • 50g de açucar
  • 2 ovos
  • Raspa de 1limão
  • 450g de Farinha tipo 55, mais q.b. p/ polvihar

Recheio
  •  100g manteiga
  • 50g de coco ralado
  • 100g de açucar
  • 50g de amêndoa ralada
  • 150g de fruta cristalizada, cortada em pedaços pequenos
  • 50g de passas de uva
  • Geleia de marmelo q.b. p/ pincelar (opcional)


Preparação
Thermomix/Bimby

Massa
  • Coloque no copo o leite, a manteiga, o fermento e o açucar, aqueça 1min/37ºC/vel1.
  • Adicione os ovos, a raspa de limão e a farinha, amasse 2min/velocidade Espiga. Retire e deixe levedar num local morno, cerca de 40min ou ate a massa dobrar o volume.

Recheio
  • Forre com papel vegetal uma forma de fundo amovível com aproximadamente 22cm de diâmetro. Reserve.
  • No copo limpo coloque a manteiga e derreta 2min/100ºC/vel1.
  • Adicione o coco, o açúcar e envolva 5seg/vel3.
  • Numa superficie polvilhada com farinha estenda a massa com a ajuda de um rolo e forme um rectangulo. Distribua a mistura de coco e manteiga, a amêndoa ralada, as frutas cristalizadas e as passas. Divida a massa ao meio no sentido longitudinal. enrole tipo torta e corte cerca de 13 fatias. Coloque-as com o corte virado para cima e deixe levedar cerca de 30min.
  • Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 45min. Coloque uma assadeira de barro pequena cm agua, dentro do forno, para criar humidade e se necessário (se vir que esta "seca") pode pulverizar a massa com agua.
  • Depois de pronta pincele com a geleia de marmelo, desenforme e deixe arrefecer sobre uma rede.












Bom apetite ;)



Queria agradecer a Gradirripas 
pela fantástica tábua que me ofereceu.




Obrigada pela confiança.



Fonte: Revista MP da Bimby, Abril de 2014, com alterações a gosto.

Parceria*Rui Simeão Tavira Sal

Bom Dia!

Tenho o gosto de anunciar que o "Entre Tachos e Bimby" iniciou parceria
com os produtos Tavira Sal.






Apresentação da Empresa


É esta a marca registada sob o n.º 360713 V, do INPI, deste produtor em Nome Individual, proveniente de uma família de Salineiros, em actividade artesanal permanente ao longo de 5 gerações, passando testemunho e conhecimento de pais para filhos nas suas próprias propriedades que eles próprios trabalham, na execução, preparação de salinas, gestão, controlo da sua própria colheita e comercialização do seu próprio produto, pois não comercializa produtos que não produza na sua salinas, por isso tem só uma marca e uma só certificação. 
 
 


Esta unidade de produção de Flor de Sal e de sal Artesanal, constituída por uma salina com cerca de 13 hectares, sendo considerada, por especialistas e pela comunicação social, como uma salina modelo, não só pelo modo como se divide bem como pela sua implantação no terreno e processos utilizados na produção e colheita. As salinas são constituídas por três divisões que são: 1ª a armazenagem da água do mar; 2ª evaporação e consequente concentração; 3ª cristalização e colheita. Do equilíbrio de áreas de cada superfície provém uma optimização da produção e a sua qualidade. 



A capacidade de produção é de 60 a 80 toneladas de Flor de sal e de 800 a 1000 toneladas de sal Tradicional. A sua localização no Parque Natural da Ria Formosa, a 500m da barra de Tavira onde a qualidade das argilas que estão implantadas, o seu posicionamento relativamente à entrada de água do oceano e ainda, o mais importante, a qualidade do produto final, comprovada por uma simples visita às salinas e análises realizadas, ao produto final, proveniente desta salina, efectuadas pelas certificadoras. Esta unidade de produção situa-se junto do parque de estacionamento do mercado Municipal de Tavira e está implantada numa área longe de esgotos, estações de tratamento, rios e outras áreas, ocasionalmente, perigosas em matéria de poluição proveniente de terceiros alheios à produção.
Esta empresa dispõe de uma área de armazenagem das colheitas de 1500m2, altura média de 3metros e 3000m3 de capacidade. Foi construída em alvenaria de betão com paredes grossas próprias para o efeito (auto-portante), resistente aos esforços, das sobre cargas provenientes do armazenamento do sal contra as paredes. Nestas mesmas instalações, propriedade total deste produtor, procede-se à empacotamento artesanal e sua preparação para distribuição, segundo as normas das Certificadoras e normas internas respeitando sempre todas as boas normas de higiene, qualidade e segurança alimentar, e sistema de H.A.C.C.P em constante implementação, tendo consultora alimentar externa.

Este produtor foi pioneiro, em Portugal, na produção de Flor de Sal (coalho, nome pelo qual era conhecida entre os Salineiros), dois anos antes de todo e qualquer outro ter aprendido consigo, inicialmente para exportação, depois para consumo nacional. Este produto sempre se colheu, nos cantos dos talhos, para consumo próprio e para ofertas aos amigos, desde que há conhecimento destas salinas. Existe um autocontrole de produção e de qualidade, proveniente do conhecimento passado verbalmente entre os familiares, não só dos avós até a este produtor, como também entre os quatro irmãos da avó, que também eram moleiros cumulativamente a este ramo de produção, que aos poucos se sobrepôs na totalidade à moenda de farinhas alimentares em azenhas de mar, mas em outras propriedades contíguas, já desactivadas pelos seus sucessores, com cerca de 100 hectares. Estes conhecimentos provenientes da experiência própria têm sido actualizados ao longo dos tempos e postos em prática na optimização da produção, colheita, armazenamento e empacotamento, tendo em conta os avanços tecnológicos na pós-colheita, tendo se procedido a melhorias no transporte e armazenamento avanços científicos mais recentes na qualidade do produto final.



 
  

 






Desde o ano 2000 ininterruptamente, nesta unidade de produção a Flor de sal e o Sal Artesanal são produtos certificados, pela certificadora Nature & Progress, em França, com caderno próprio de normas de preparação de salinas, de colheita, de armazenagem e de controlo de produto final. As auditorias à produção, as análises ao produto final são realizados pela certificadora portuguesa Sativa, por protocolo entre as certificadoras, ambas acreditadas na IFOAM e a partir da colheita de 2008 certificado também pela empresa portuguesa SATIVA (este produtor só comercializa em exclusivo os produtos da sua própria colheita sob uma única marca e com ambas certificadoras).
Deste tipo de actividade, existem registos históricos, que podem ser consultados na Biblioteca da Câmara Municipal de Tavira, desde 2000 anos AC (à relativamente 4000 anos época fenícia) onde podemos constatar que o método de colheita era semelhante ao actual. Este tipo de actividade artesanal, desenvolve-se em plena natureza, é amiga do ambiente, sem o afectar, e a prova disso está na manutenção de todo o ciclo de vida desde o mais vulgar dos peixes, moluscos, crustáceos, planton, aves, até à artemia salina que é um micro-crustáceo, o último dos seres vivos, que se alimenta da Donaliela Salina, última alga do ciclo de vida, em salmoura, sendo ambas as únicas sobreviventes até ao grau máximo de salinidade. 


A partir de Junho de 2007, ambos os produtos foram aceites como aderentes no projecto “Compro o que é nosso”, permitindo usar o logótipo com essa classificação. 




Texto retirado: http://www.ruisimeao.com/



**************************

Queria agradecer a D. Mariana pela simpatia e pela gentileza 
de me ter enviado estes produtos.



 Flor de Sal


É o creme do Atlântico cristalizado em salinas de argila, situadas no Parque Natural da Ria Formosa, utilizando os recursos naturais que são a água do mar, a energia solar e eólica. A Flor de Sal é o resultado do trabalho destes elementos da natureza que em conjunto proporcionam uma fina película de cristais que flutuam no leito rosados dos talhos e de onde são retirados diariamente (e até duas vezes por dia) com utensílios próprios. No acto de recolha são depositados em caixas perfuradas para escorrer e secar na própria salina sendo seguidamente armazenados para acabar de escorrer. Posteriormente, é colocado em embalagens para o consumo sem sofrer qualquer tipo de transformação para que o consumidor obtenha um produto 100% natural. Estes utensílios são da autoria deste produtor, oferecendo-os aos seus concorrentes para utilizarem até que apreçam outros com melhor qualidade.

 
De preferência, deve-se utilizar no fabrico de Manteigas, queijos, culinária
de alto gourmet, adicionando pouco antes de confeccionar e um pouco mais depois dos alimentos confeccionados. 

Realça o gosto natural dos alimentos dando um cheiro e um sabor único em cada produto, proveniente da rentabilização dos componentes em presença da humidade natural dos alimentos dissolvendo-se nestes.
Em comidas secas, tais como batatas fritas, amêndoas, amendoins, favas torradas no forno dando-lhes uma textura crocante e gosto diferente.


 


 Sal Tradicional - Cristal Grosso




Sal Tradicional - Cristal Moído


Sal Tradicional
 
 Cristalizado no fundo dos talhos (das mesmas salinas onde é colhida a Flor de Sal) de onde é produzido e colhido por métodos completamente tradicionais, de duas em duas semanas, nas salinas artesanais, deste produtor, de Tavira no Parque Natural da Ria Formosa. O sal apresenta características e aspecto de qualidade visíveis a olho nu, tais como o grau de limpeza, a coloração branca com aspecto cristalino reluzente, como também no aspecto analítico demonstrado pela análises efectuadas. A Água do Oceano Atlântico, rica em sais minerais é a fonte desta salina. É extraído durante os meses de Julho a Setembro pelos marnotos, possuidores da arte de extrair sal dos talhos, e colocado nas barachas das marinhas para secar, sendo transportado para os armazéns onde ficará abrigado, de intempéries ou poeiras, até ser devidamente embalado sem sofrer qualquer tipo de transformação, para que o consumidor obtenha um produto 100% natural. Este produto deve-se utilizar para conservar alimentos, tais como carnes, peixe, vegetais, fabrico de pão, manteigas e queijos, bem como na confecção de alimentos sujeitos a cozedura.


***************************

Visitem a página do Tavira Sal aqui.

Sigam todas as novidades aqui no Facebook.


Muito obrigada pela confiança.

terça-feira, 22 de abril de 2014

Parceria* Minho Fumeiro

Bom Dia!

Tenho o gosto de anunciar que o "Entre Tachos e Bimby" iniciou
Parceria com os produtos "Minho Fumeiro".






Minho Fumeiro


Origem


Numa pequena aldeia, entre verdejantes vales que embalam as margens do Rio Lima, nasce um ofício, um gosto e uma destreza única que nos segredam costumes e tradições seculares na arte de bem confeccionar fumados e enchidos. Numa tradição que remonta a 3 gerações, a Casa Borges ganhou nome e prestígio, conquistou paladares e fez por muitos anos a delícia de gastrónomos e apreciadores de norte a sul do país.


 
Ao Sabor da Tradição


Anos volvidos, com um negócio próspero, em constante crescimento, surge a primeira unidade fabril, em 1993, que inicia consigo um novo ciclo, dando origem à Minhofumeiro - Enchidos e Fumados à Moda de Ponte de Lima. Sempre fiéis aos processos de produção artesanais, aos exigentes critérios de selecção dos ingredientes e das matérias-primas - de origem natural - a Minhofumeiro viu, desde o início, a qualidade dos seus produtos reconhecida, tendo em 2005 obtido a Certificação de Qualidade ISO 22000 pela APCER, sendo a 1ª no sector em Portugal a obter esta norma de certificação. Outras se seguiram sublinhando a excelência que guia a Minhofumeiro na produção das suas afamadas iguarias tradicionais, sendo detentora da marca de Salubridade e de identificação PT DTR 27 CE, que assegura uma produção com chancela de qualidade, sob a tutela das normas comunitárias.

 

O Sabor de quem sabe

 
Para que qualidade também seja sinónimo de quantidade e para que as delícias da Minhofumeiro cheguem cada vez mais longe e conquistem o paladar de todos, têm sido canalizados grandes investimentos no desenvolvimento das infraestruturas, com uma crescente aposta na modernização operacional e numa exigente formação transversal aos quadros que compõem a empresa. Em sintonia com o desenvolvimento da distribuição moderna em Portugal, a Minhofumeiro tem desenvolvido a distribuição dos seus produtos por variadas superfícies comerciais de renome, hiper e supermercados, vendo a preferência pelos seus produtos reconhecida, de norte a sul do país, projectando-se também para o mercado de exportação, chegando a países como França, Bélgica e Angola.



************************

 

 Queria agradecer os produtos, gentilmente, enviados. 




Morcela de grão de Bico




Alheira

 


Chouriço de Cebola

 


 Chouriça de Carne




Morcela de Arroz


Muito obrigada pela confiança


********************
 

Podem seguir as novidades de todos os produtos no site da Minho Fumeiro


Contactos
 
Minhofumeiro, enchidos artesanais
Lugar do Carvalho - Correlhã
4990-295 Ponte de Lima
telef: +351 258742421
fax: +351 258743932

Contacte-nos:
minhofumeiro@minhofumeiro.pt
 

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Bolo de Chocolate e Pepitas

Bom Dia!

Adoro o Bolinho de Domingo.
Ontem como nao podia ser diferente eu e a pipoka,
fizemos um bolinho para o lanche. 
Ela escolheu o sabor e como tinha aproveitado a promoção 
dos preparados da Combi, fizemos o Bolinho de Chocolate e Pepitas.

Simples, goluso e cheio de carinho,
feito pelas maozinhas da minha pipoka e com a ajuda da mama.

Posso dizer que este bolo soube muito mais que a chocolate!

Espero que gostem...





Ingredientes 
  • 1 Embalagens de preparado para Bolo de chocolate e Pepitas da Condi











 
  • 4 ovos
  • 125g de manteiga
  • 2 colheres de sopa de leite

  • Óleo em spray
  • Forma de Silicone
  • Açúcar em pó q.b. (usei Sidul)



Preparação
Modo Tradicional/microondas
  • Num recipiente bata os ovos, junte a manteiga previamente derretida e o leite, misture bem e junte aos poucos o preparado de chocolate. Depois de estar bem misturado coloque metade das pepitas e mexa bem. 
  • De seguida, polvilhe a forma de de silicone com o óleo em spray, junte o preparado e coloque as restante pepitas por cima da massa. 
  • Leve ao microondas por 5min, na potencia máxima.
  • Sirva polvilhado com açúcar em pó.


















Bom apetite :)

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Parceria*Aromas Especiarias

Bom Dia!

Tenho muito gosto em anunciar, que o "Entre Tachos e Bimby" 
iniciou parceria com os Aromas Especiarias.






Pimentas do mundo, ervas aromáticas, especiarias e chás são alguns dos produtos disponíveis na Aromas Especiarias   

Loja gourmet pioneira no sector abriu em Campo de Ourique

Criada em 2011, a Aromas Especiarias é um projecto pioneiro, criado por dois portugueses, que surgiu com o objectivo de preencher uma lacuna no sector oferecendo, até aqui, uma variedade de especiarias de todo o mundo na web. Passados 2 anos do seu lançamento a marca acaba de dar um passo importante no seu crescimento abrindo a primeira loja em Campo de Ourique.
Mais de 70  especiarias, pimentas de todo o mundo e mais de 40 variedades de chás, são alguns dos produtos disponíveis no novo espaço de Lisboa, que promete agitar e despertar os sentidos dos portugueses. 

Além das mais de 70 especiarias disponíveis e 40 variedades de chá, pode ainda encontrar sais gourmet, como o sal preto de Guérand, sal do Kalahari, de Hickory ou Sal Vermelho do Hawai, entre outros. 


 
A nível de especiarias tem os vários ingredientes para a gastronomia portuguesa, mas também para a cozinha indiana, árabe ou asiática, nomeadamente especiarias como o Zahtar, última moda nos Estados Unidos, a Tikka Masala, prato de eleição na cozinha indiana, ou o verdadeiro Wasabi japonês de Hataka. 


O projeto começou como uma loja online e ao longo destes dois últimos anos os seus responsáveis foram convidados para participar em eventos e feiras gastronómicas, o que lhes permitiu dinamizar o negócio e aventurarem-se em mais uma etapa do seu crescimento empresarial. 







Queria agradecer a D. Fernanda pela gentileza e muito obrigada 
pelas especiarias.
















Podem ver o site das Aromas Especiarias aqui.

Sigam todas as novidades aqui no facebook.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...